Oi pessoal!!


Hoje resolvi fazer um pequeno comentário extra para conversar com vocês sobre um filme maravilhoso que eu vi e se chama Cinderela. Sim, eu assisti a tão esperada versão nova do filme clássico da Disney e devo dizer que eu amei, por isso quero deixar com vocês meu breve comentário sobre o filme.




Eu sempre fui apaixonada pelo conto da Cinderela, pois é uma história que não fala só a respeito de amor verdadeiro, mas também sobre ter fé e acreditar em seus sonhos acima de tudo. Enfim, durante muito tempo jamais acreditei que pudessem fazer uma versão mais perfeita para tal história do que Para Sempre Cinderela, com Drew Barrymore, ou Uma Nova Cinderela, protagonizada por Hilary Duff, mas meu queixo caiu quando vi o trailer dessa nova versão.






O filme já me conquistou pelo trailer muito bem produzido e que deixava claro que o longa teria uma trama ágil e uma grande riqueza de detalhes que lhe cairia bem. Muitas vezes as expectativas criadas pelo trailer são destruídas no filme, mas nesse caso não. O filme foi tudo que prometeram se não mais, pelo menos em minha opinião.


O filme começa mostrando a pequena Ella e como ela era amada por sua família, apesar de não ser nenhuma princesa. Então alguns anos se passavam e vemos que Ella é uma menina doce e bondosa que gosta de conversar e cuidador dos animais e sente muita falta de seu pai quando ele está longe fazendo viagens de negócios.





Como já era de se esperar, a mãe da menina adoece repentinamente, trazendo uma imensa tristeza para aquela pequena família que até então era feliz por causa do amor que existia entre eles, e, pouco antes de falecer, a mãe de Ella lhe dá um conselho dizendo que ela deve ser sempre gentil e ter coragem que isso a ajudaria a superar qualquer coisa.




A cena da morte da mãe de Ella é rápida e não se atem muito a isso, então vemos Ella já como uma moça na flor da juventude que procura seguir os conselhos de sua mãe e demonstra muita maturidade quando seu pai lhe diz que vai se casar com uma jovem viúva e que ela terá duas adoráveis irmãs de criação.



Meses se passam rapidamente e o pai de Ella sai novamente em viagem e, tão logo o velho mercador está fora, a madrasta da jovem começa a tratá-la mal e a coloca para dormir no sótão que, a princípio, aceita de bom grado, pois seria algo temporário e porque lá ela não precisava se preocupar com as irmãs malvadas. O tempo passa mais uma vez e as cartas que constantemente recebe do pai tornam-se os únicos consolos que a jovem possuía. Isso até o dia em que o padre do vilarejo chega para dar a Ella a trágica notícia de que seu pai adoecera na estrada e havia falecido.


Ella fica inconsolável, mas não tem tempo para luto, pois, diante da ruína iminente, a madrasta da jovem demite todos os serventes da propriedade e começa a tratá-la como escrava. A moça, decidida a manter a promessa de ser bondosa que fizera a seus pais e decidida a não desistir de seu lar, aceita a tudo de forma bem calma e passiva. Inclusive o fato de só comer as sobras dos pratos de suas irmãs e da madrasta. 

Como o sótão muitas vezes era frio demais para que Ella dormisse lá, a jovem costumava se aconchegar perto da lareira e sempre acordava coberta de cinzas. Foi assim que ganhou o apelido de Cinderela.

Cansada dos abusos da madrasta, Ella decide pegar seu cavalo e sai em disparada para a floresta onde encontra com o príncipe Kit que estava lá caçando um veado. Como Ella não o reconhece, Kit decide se apresentar para ela como um simples aprendiz. Eles conversam por um curto espeço de tempo e a fagulha mágica de amor instantâneo surge, ainda que os dois não se conheçam realmente. 

Vemos que o rei não está muito bem de saúde e não quer morrer sem que o filho tenha encontrado uma boa esposa com quem possa dividir o fardo de proteger o reino, por isso faz uma festa para que Kit seja apresentado a boas pretendentes e escolha uma noiva. Só que Kit está tão encantado com aquela moça que conheceu na floresta que não quer saber de nenhuma outra, sendo ela princesa ou não. Por fim, com muito esforço, o rei permite que os convites para o baile sejam estendidos a todas as moças do reino.
Ella, que estava na cidade quando o mensageiro real chegou com o aviso, ficou muito animada com a possibilidade de ver kit novamente e corre para casa, a fim de dar as boas notícias para a madrasta e suas filhas. A madrasta fica animada com a possibilidade de que rei possa escolher uma de suas filhas para ser sua esposa que manda a enteada ir ao alfaiate mandar fazer vestidos novos e preparar tudo para o baile.
No dia doo tão esperado baile, Ella está animada e determinada a ir e reforma um vestido velho de sua mãe para poder ir, mas a madrasta, má como ela só, acaba rasgando todo o vestido da jovem e ordena a ela que não vá ao baile em uma das cenas mais clássicas dos filmes da Disney.
Acredito que todos já sabem o que acontece depois... A fada madrinha aparece e Bibidi-Bobidi-Bu.
Ella vai a festa onde descobre que Kit é o príncipe e fica ainda mais apaixonada por ele. Os dois passam o baile juntos até o tão famoso final do feitiço.

 E vou parar por aqui para não acabar estragando o final dessa linda versão. Num geral posso dizer que o roteiro foi muito bem adaptado e que as atuações, bem como os figurinos e as músicas estavam perfeitos. Tudo nesse filme foi perfeito para mim e acredito que seja uma boa pedida para qualquer um que precise se lembrar do motivo pelo qual demos sempre ter fé nos nossos sonhos. 




Para quem ainda não viu o trailer...




Por hoje é só e até a próxima.

Beijos mágicos,
Daniela

2 Comentários

  1. Adorei o seu resumo do filme. Ficou fácil pra entender a história.

    Saudades.

    jj-jovemjornalista.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Julyana. Como boas-vindas ao meu blog, te marquei em uma TAG http://diariodeumablogeira.blogspot.com.br/2015/04/tag-conhecendo-blogueira.html
    Ficarei muito feliz se você responder.
    Beijos.

    Diário de uma Bloggeira | Facebook

    ResponderExcluir

Já que leu a postagem, por que não comentar? Ficaríamos muito felizes ao ler sua opinião sobre o que foi escrito. Caso tenha um blog, deixe o link abaixo do seu comentário que retribuiremos assim que for possível =)